O final de 2010 tem me parecido muito mais interessante do que parte desse ano que se passou rapidamente por entre as frestas do meu dia-a-dia atribulado com tantos compromissos.

No final de outubro, me sentia frágil, carregando grandes pesos em minhas costas. Após longas férias e ótimas viagens, posso dizer que encerrarei esse ano leve, feliz e renovada.

Nesse momento, de frente a uma grande janela do meu ateliê, vendo essa forte chuva cair, em um longo tempo de reflexão, posso perceber o quanto presenças de grandes e verdadeiros amigos tem me feito me sentir assim: cada dia melhor.

Faziam muitos anos que eu não desacelerava para encerrar um ano e iniciar outro, e esse final de 2010 tem sido muito especial, onde venho dedicando meus dias inteiros somente para atividades prazerosas.

Muitas visitas encantadoras. Dias e noites prazerosos regados a bons vinhos, boas cervejas e alta gastronomia. Fotos, fotos e mais fotos. Fotos antigas, fotos recentes, todas decorando o meu baú de boas recordações que não tem fundo.

No meio de tanta coisa boa, pude rever um grande e verdadeiro amigo que não via a aproximadamente 8 anos. Como podemos nos afastar assim de pessoas tão queridas?? Uma longa e verdadeira conversa, fez desilusões do passado se diluirem no meio de tantas boas lembranças e um desejo gigante de uma amizade que dure para sempre.

2011 está começando assim, sem tristezas, sem mágoas, apenas com boas recordações dos que passaram, e com muitos sonhos de um futuro feliz!!

Tenho certeza que Yemanjá e o Cristo Redentor vão agarrar nas mãos do Santo Expedito e dar uma forcinha para esse ano que se inicia ser supimpa, com muitos sonhos realizados, para todos nós.

watch?v=TDch761krEw

Anúncios