Busca

O que a vida quer da gente é coragem

156008a0750e5392f6b85d7cc5384f31

Olá leitores,

Andei bastante sumida né, eu sei! Nesse período se passaram alguns anos. Foram tão rápidos, tão intensos que pareciam apenas alguns meses. Foram muitos processos de mudanças, muitas transformações, pessoais e profissionais.

Toda mudança leva tempo, literalmente não é??!!? Mudei de casa, mudei de escritório, mudei de vida e continuo mudando. São processos intensos, e no final acaba surgindo uma necessidade de dar uma pausa para podermos olhar o céu azul, a luz linda da manhã, o por do sol encantador, a noite mágica e agora poderei compartilhar tudo isso com vocês, novamente.

Essa será uma nova fase e eu espero crescer muito com ela. Sei que vou encarar novos desafios, alguns grandes, outros bem menores, mas talvez eles possam me ajudar a realizar sonhos. Quem sabe?

Nesses momentos me lembro do livro Grande sertão: veredas, de João Guimarães Rosa:

“O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem. O que Deus quer é ver a gente aprendendo a ser capaz de ficar alegre a mais, no meio da alegria, e inda mais alegre ainda no meio da tristeza! Só assim de repente, na horinha em que se quer, de propósito – por coragem. Será? Era o que eu às vezes achava. Ao clarear do dia.” (p. 334)

Espero que gostem da minha companhia, pois eu estou muito feliz com a decisão de estar de volta.

Beijo grande.

Post Destacado

20 atitudes masculinas que são super sexy

Sou daquelas que sabe admirar o jeito atrapalhado e sensual de um homem. Eles não precisam ser tão bonitos e nem falar difícil para impressionar, mas uma atitude masculina faz toda a diferença e dá o charme necessário e mais do que especial.

Como nós mulheres somos apegadas em pequenos detalhes, aqui está uma listinha de 20 coisas que acho super sexy em um homem.

1. Ombros largos.

2. Homem que brinda olhando no seu olho.

3. Barba. Sabe aquela barbinha “por fazer”? Aquela de alguns dias?

4. Camiseta branca com calça jeans. Um tenis desses da moda cai super bem, ou mesmo o bom e velho all star.

5. Cabelo bagunçado. Nunca com topete e nem gel.

6. Mãos bem cuidadas, fortes. Unhas curtas.

7. Homens que dão abraço forte, e beijo no rosto com a boca.

8. O jeito com que eles brincam com crianças e animais.

9. Cueca boxer, branca ou preta.

10. Quando eles cozinham.

11. O jeito largado de sair do banho, de se enxugar.

12. Uma boa e bem trabalhada crista ilíaca.

13. A forma segura e agressiva de dirigir.

14. Homens músicos. Os bateristas tem seu charme natural.

15. Os tatuados.

16. Homens sérios. Os falantes também!

17. Homem cheiroso, na medida certa.

18. A forma como carregam coisas pesadas.

19. Jeito largado, despretensioso.

20. A forma com que nos abraçam quando dormem de conchinha.

E para as amantes de um bom barbudinho, deixo aqui alguns links para vocês se deliciarem nas horas vagas.

http://beardboys.tumblr.com/

http://beardsftw.tumblr.com/

Post Destacado

Carta para uma amiga

Querida amiga,

Ontem nos falamos e me peguei bastante preocupada com você, com suas palavras e suas expectativas, ou a falta delas. No momento me faltaram palavras positivas, de força, ânimo, alto astral. Fiquei surpresa, pensativa e hoje resolvi escrever a você um pouco sobre o que penso quando passamos por esses momentos difíceis que nos deixam paralisadas sem conseguir agir.

Sempre que me pego nessas situações eu tento reler e colocar em prática uma frase de Cora Coralina, dona de uma simplicidade e sabedoria apaixonante:

“O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.”

Acho que a partir de hoje vou escrever essa frase em um post it e deixar bem visível, onde eu possa revisitá-la com mais frequência.

Interessante como ela diz que nada importa a não ser a forma com que determinamos nossa caminhada. Ela sempre começa aqui e agora. Nem ontem, nem amanhã, exatamente hoje. Importante seguirmos sempre em frente, semeando tudo o que há de bom. Muitas vezes caminhamos sem ao menos saber para onde, mas nesse caminho encontramos soluções de onde nem acreditaríamos que poderia vir. Se semear boas ações com certeza colherá tudo em dobro, triplo ou quantas vezes forem necessárias para entender que a vida se faz de cada agora.

Sempre é tempo de nos abrirmos e viver um pouco mais e melhor.

Nossos desafios e expectativas não podem ser maiores que nossas realizações. Não podemos deixar o medo nos dominar, temos que enfrentá-lo sabendo que o impressionante vem de nós mesmo. Temos que acreditar que somos capazes, tudo poderá mudar. Importante não ter medo, não desanimar, não pirar, aliás, não pira deveria ser o mandamento número 1 de nossas vidas, principalmente quando os problemas estão a nossa volta.

Nossa vida é sempre assim, cheia de momentos bons, alegres, inesperados  ou desconcertados. Nada importa a não ser a alegria de estar vivo com tranquilidade. As coisas, as pessoas vem e vão, sempre por alguma razão ou propósito e o que fica é o essencial. Seja ele em forma de amor, saudade ou mesmo o convívio diário. Aprender a lidar com tudo isso nos torna mais fortes, mais corajosos e assim teremos sempre mais força para enfrentar novos desafios.

Como dizia Clarice Lispector, “a vida é para quem sabe viver, mas ninguém nasce pronto.” E ainda “a vida é para quem é corajoso o suficiente para se arriscar e humilde o bastante para aprender.”

Recentemente passei também por momentos doloridos, difíceis, decepcionantes onde eu precisei me descontruir para abrir espaço para o novo. Isso sim eu penso que é muito essencial, deixarmos espaços livres para nova rotina, novas tarefas, novos desafios, novos hábitos, novos começos.

Hoje posso te afirmar que foi a melhor escolha, a mais acertiva. Estou aberta para começar um novo ano diferente, com energia renovada. Não vamos deixar as oportunidades de transformação passar, vamos agarrá-lo pelo rabo e trazê-la de volta pois pode ser uma oportunidade única.

Ainda citando um outro autor, dessa vez Chico Buarque que diz: “As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem.”

Nada é absoluto, tudo move, tudo movimento, tudo modifica. Vamos sair da zona de conforto, descobrir o que nos motiva, o que a gente ama de verdade e conseguir trabalhar intensamente com isso, pois é o que nos alimenta, o que carrega nossa energia para criar e dedicar aos projetos.

Tem uma palestra da Elizabeth Gilbert, autora de Comer, Rezar e Amar no TED Talks onde ela fala exatamente disso, contando uma pouco da sua história de processo de criação do livro que se tornou um grande sucesso. Vale a pena ver.

 

Talvez esse seja o momento de você redescobrir o seu talento. Um longa viagem para um outro país vai te ajudar nesse processo, tenho certeza.

“Descubra aquilo que faz você vibrar e se sentir vivo, aquela voz interior que diz “isto é o que você quer”. Quando encontrá-la, escute o que ela diz e siga.”
(William James)

Era isso que eu queria lhe dizer na nossa conversa! Pare de se cobrar tanto. Observe, acolha e percebe as belezas que estão esperando por você. Não pira!

Grande beijo e uma semana de muita presença e autenticidade para você! Um novo ciclo está começando!

 

 

As minhas músicas preferidas atualmente

Outro dia fui convidada para escrever um post para o Blog da Clínica Santorini e para mim foi um imenso prazer.

Eu deveria falar sobre minhas músicas preferidas. Nossa, que saia justa! Tentei selecionar por conceitos, segmentos, temas…sei lá. Seriam as preferidas de vocal feminino? Seriam as preferidas do rock? Do indie? Do eletrônico? Preferidas para namorar? Para cozinhar?

Só assim pude perceber quantas preferidas eu tenho…são tantas, e o post tinha que ser breve. Primeiro selecionei 100 com muito esforço, mas depois, doendo o coração selecionei 35 e agora você pode ouvir todas que está no ar. Clique aqui e se delicie.

Espero que vocês gostem.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Homenagem ao estilista João Queyroz

Não preciso nem dizer que sempre fui uma verdadeira fã de João Queyroz. A cada passo da minha sensualidade e feminilidade estava ali, peças de quem sabia valorizar a individualidade de cada um, exaltanto características belas do corpo humano.

Pessoa simples, verdadeiro amigo, de um carisma admirável. O estilista mais expressivo e descolado da moda goiana.

Suas roupas e criações sempre foram carregadas de muita personalidade e originalidade. Traços fortes, acabamento perfeito. Peças únicas, muito bem conceituadas. Coleções com tanta identidade que de longe nem era preciso olhar a etiqueta para saber de quem tratava.

João Queyroz começou sua história mostrando o seu trabalho em eventos locais, logo conquistou Goiânia, depois a Capital Federal e aos poucos foi ganhando espaço e admiração por outras capitais brasileiras, tendo se destacado no Dragão Fashion, no Ceará, e Brasília Fashion Festival em Brasília – DF.

Hoje venho mostrar para vocês uma homenagem ao João, que faleceu a 3 anos, e nos deixou uma saudade imensa.

A idealização e produção é do Marcos Queyroz, seu irmão, companheiro, parceiro, amigo que vem mostrando o seu talento como estilista e que se torna melhor a cada dia.

Parabéns Marquinhos! Parabéns a toda equipe pelo excelente trabalho.

Mulheres de verdade

Já faziam alguns dias que eu queria ler a revista Lola que tinha uma entrevista que a Martha Medeiros fez com a Patrícia Pillar, mas nunca eu conseguia sentar em algum café que tivesse, saborear um bom expresso e poder ler tranquilamente. Que loucura! Assim como não conseguia sentar aqui para escrever…mas por isso tenho um bom motivo, estou me dedicando a minha empresa Duas Marias Design e em breve terei muitas novidades para contar para vocês.

Alguns devem achar meio estranho eu querer tanto ler essa matéria, mas posso explicar: digo que sou uma verdadeira admiradora da Patrícia Pillar. Nossa, quase nunca vão me ouvir falar de celebridades, mas talvez seja o jeito simples e simpático dela que me atrai. Não é só porque ela é linda, tem cabelos charmosos, é boa atriz, tem um sorriso verdadeiro, também gosta de usar sombras azuis, mas sim é porque sinto que temos muitas afinidades, ela como celebridade e eu como uma pessoa qualquer pensamos que o mundo pode ser melhor e mais fácil com as nossas escolhas, sem carregar correntes dolorosas pelo resto de nossas vidas.

Eu gosto de pessoas simples, leves, calmas, verdadeiras, e com 46 anos, sinto que ela é assim, pelo menos é o que aparenta ser.

Gostei da forma com que superou o câncer de mama, e mais ainda de sua serenidade. Admiro quando diz: “o melhor ainda está por vir” e ainda “As mulheres querem ser verdadeiras. Tanta coisa nos empurra para o estereótipo…não funciona assim. Os laços reais são baseados mais nas fragilidades do que na potência. Os encontros nunca se dão entre duas perfeições. Há sempre um elemento mais forte e outro nem tanto.”

E não é assim??? Eu acredito, e você???

Pensamentos como esse, com certeza, nos aproximará cada vez mais de sermos mulheres verdadeiras.

Meu Pai, um homem tinhoooso…

Hoje é o dia do meu pai, dia que ele completa mais um ano de vida. Dia que ele celebra mais um ano de luta, batalha, força, sabedoria e muita dedicação à sua família e amigos queridos. Dia que todos reafirmamos a fortaleza que ele é. Dia que vemos o quanto cresceu, o quanto batalhou e conseguiu, o quanto nos ensinou a sermos pessoas melhores, batalhadoras, sensíveis.

Dia que reafirmamos também o quanto é importante o amor pela nossa família. Dia que festejamos e agradecemos a Deus pela sua presença e que por muitos e muitos anos vamos festejar esse dia.

Um senhor de uma força interior, com amor pela vida e pela família admirável.

Quando eu era ainda pequetita, meu pai me ensinou a ouvir boa música. Pela casa e nas festas de família se ouvia um bom chorinho, paixão vinda do Sr. Jocôndio Bernardino Gomes, mais conhecido com o Seu Joca, meu avô, pessoa que pedimos sua benção ainda hoje, e em respeito a sua pessoa não sentamos em sua mesa para qualquer refeição com chapéu.

Entre grandes paixões do meu pai e do Seu Joca, lá estava Luiz Gonzaga. Ainda hoje, não consigo ouvir qualquer música sem me emocionar.

Luiz Gonzaga, com sua sanfona cantava e falava do seu respeito pelo seu pai, Zé Januário, um homem tinhooooso e assim eu cresci ouvindo as histórias de Luiz – o Rei do Baião, de Januário, de Aloisio contando, de Joca cantando e daí surgiu a Januária, uma mulher forte, tinhosa, que tem muito amor pela vida, pela família, que gosta de música boa, viagens, festa e tudo de bom que as pessoas podem nos oferecer, e acima de tudo tem verdadeiro amor e admiração ao seu pai.

Em homenagem ao Dia do meu Pai, Senhor Aloisio, que também é um homem tinhooooso, muito conhecido por aqueles mais simples por Seu Luis, vou deixar aqui um pouquinho do Rei do Baião, um homem modesto, que teve o dom de unir as pessoas, fazendo todos cantar e dançar ao som de sua voz rouca, grave, com riso solto, carregado de sotaque e sempre acompanhado de sua inesquecível sanfona.

Respeita Januário
Luíz Gonzaga
Composição : Luiz Gonzaga / Humberto Teixeira

Quando eu voltei lá no sertão
Eu quis mangar de Januário
Com meu fole prateado
Só de baixo, cento e vinte, botão preto bem juntinho
Como nêgo empareado
Mas antes de fazer bonito de passagem por Granito
Foram logo me dizendo:
“De Itaboca à Rancharia, de Salgueiro à Bodocó, Januário é o maior!”
E foi aí que me falou meio zangado o véi Jacó:
Luíz respeita Januário
Luíz respeita Januário
Luíz, tu pode ser famoso, mas teu pai é mais tinhoso
E com ele ninguém vai, Luíz
Respeita os oito baixo do teu pai!
Respeita os oito baixo do teu pai!

Eita com seiscentos milhões, mas já se viu!
Dispois que esse fi de Januário vortô do sul
Tem sido um arvorosso da peste lá pra banda do Novo Exu
Todo mundo vai ver o diabo do nego
Eu também fui, mas não gostei
O nego tá muito mudificado
Nem parece aquele mulequim que saiu daqui em 1930
Era malero, bochudo, cabeça-de-papagaio, zambeta, feeei pa peste!
Qual o quê!
O nêgo agora tá gordo que parece um major!
É uma casemiralascada!
Um dinheiro danado!
Enricou! Tá rico!
Pelos cálculos que eu fiz,
ele deve possuir pra mais de 10 ontos de réis!
Safonona grande danada 120 baixos!
É muito baixo!
Eu nem sei pra que tanto baixo!
Porque arreparando bem ele só toca em 2.
Januário não!
O fole de Januário tem 8 baixos, mas ele toca em todos 8
Sabe de uma coisa? Luiz tá com muito cartaz!
É um cartaz da peste!
Mas ele precisa respeitar os 8 baixos do pai dele
E é por isso que eu canto assim!

“Luí” respeita Januário
“Luí” respeita Januário
“Luí”, tu pode ser famoso, mas teu pai é mais tinhoso
Nem com ele ninguém vai, “Luí”
Respeita os oito baixo do teu pai!
Respeita os oito baixo do teu pai!
Respeita os oito baixo do teu pai!

Viva o Outono!!!

Eu deveria começar essa coluna falando da Corrida da Estação Adidas em Brasília, mas vou deixar para um outro momento e contar um pouquinho do treino de hoje, uma vez que o objetivo do “Correndo com a Janú” será contar meus treinos, prazeres e desprazeres na corrida até a tão esperada Meia Maratona de Buenos Aires em setembro de 2011.

Hoje o dia começou às 5h30 da manhã quando levantei, e comecei a me preparar. Roupa apropriada, tênis, polar, óculos de Sol, viseira, filtro solar, água, toalhinha, um leve café da manhã com fruta e umas torradas, nada mais que uma energia para começar o treino.

Eu e minhas duas companheiras começamos a correr as 6h20m. Foram 7,6km seguido de um bom alongamento.

O melhor de tudo isso é ver o dia amanhecer, especialmente no outono. Goiânia não tem as estações do ano bem definidas, principalmente porque o calor avassalador se propaga por todo o ano, mas quando chega o outono, o céu é especialmente maravilhoso. Um azul inigualável, seguido de raios avermelhados que contam a estação.

Não tenho como não dizer que às 7h00, quando eu descia a rua do Fran’s Café, o Sol brilhava na minha frente e eu enxergava um tapete rosa de flores que caiam pelo chão. Um sensação indescritível que só você me acompanhando para saber. Uma bela forma de começar o dia.

Viva, Viva, Viva!!! 3 Vivas para o Outono que chegou para deixar nossos dias mais bonitos e nossas noites mais prazerosas!!!!

#Música do Dia

A música do Dia é um verdadeiro colírio para os meus olhos. Adorei conhecê-los, e aposto que vocês vão gostar também. Bem com um jeitinho todo especial para alegrar o nosso dia.

Um bom dia e ótima semana!!!

Foster The People – “Pumped Up Kicks”

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑